Os processos do tratamento de fisioterapia pélvica são bem precisos, pois eles ajudam também a conter a incontinência urinaria.  Porém, para antes de iniciar o tratamento, o fisioterapeuta responsável faz uma avaliação do paciente para observar e identificar à causa do problema.

Essa especialidade também ajuda na prevenção de problemas na região pélvica, com tratamentos conservadores, que são procedimentos que não precisam de cirurgia.

Os métodos utilizados podem ser: treinamento do assoalho pélvico, biofeedback, cones vaginais, eletroestimulação, entre outros.

A fisioterapia pélvica é procurada por mulheres, na maioria das vezes, quando entram em um momento difícil da sua vida que é a menopausa, por conta da redução hormônios durante esse período ocasiona a diminuição do tônus muscular o que provoca a incontinência urinária.

E a fisioterapia pélvica tem os exercícios perfeitos para isso.

Para mais informações, entre em contato

WhatsApp Fale conosco!